quinta-feira, junho 26, 2014

Publicação do livro Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Passeriformes Ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho

Finalmente hoje foi disponibilizado online nosso livro do PAN Campos Sulinos. De um esforço coletivo, com a prestimosa e inigualável organização da Patricia Pereira Serafini, 20 autores se reuniram para escrever o estado da arte sobre a conservação de 22 espécies ameaçadas de aves dos campos sulinos e espinilho, abrangendo áreas do RS, SC e PR. Entre todas essas espécies está o cardeal-amarelo, Gubernatrix cristata, tema de minha tese de doutorado, e que ano que vem completarei 10 anos de "casamento" com essa ave. Incluso estão os protocolos desenvolvidos para o cardeal-amarelo e para o programa de reprodução em cativeiro. Também há todo o acompanhamento do monitoramento anual feito nesse plano pela equipe assessora. E além de tudo isso vocês poderão encontrar informações atualizadas sobre as 22 espécies ameaçadas em um capítulo dedicado a cada uma. Estou exultante, pois isso mostra todo o esforço e comprometimento de um grupo maravilhoso de pesquisadores. Agradeço a todos os autores e colaboradores: Glayson Ariel Bencke, Carla Suertegaray Fontana, Rafael Antunes Dias, Márcio Repenning, Rodrigo Vargas Damiani, Giovanni Nachtigall Mauricio, Andros Tarouco Gianuca, Ismael Franz, Cristiano Eidt Rovedder, Marilise Krügel, Adrian Eisen Rupp, Jeferson Vizentin-Bugoni, Cristian Marcelo Joenck, Bianca Reinert, Fernando Costa Straube, Mauricio da Silveira Pereira, Marcos Ricardo Bornschein, Dayse Dias e Bianca Pinto Vieira. A Patricia também escreveu alguns dos textos e também participou da revisão. Como eu disse, ela é insuperável. E também agradeço à Camile Lugarini pela confecção dos mapas. Se eu esqueci de alguém, me desculpem. Podem acrescentar nos comentários. O livro já tinha ISBN e dados catalográficos desde 2013, ano de sua publicação na Biblioteca Nacional, mas ainda não estava disponível para todos online. Agora está!! Quem quiser baixar sua versão gratuita do livro PLANO DE AÇÃO NACIONAL PARA A CONSERVAÇÃO DOS PASSERIFORMES AMEAÇADOS DOS CAMPOS SULINOS E ESPINILHO, basta clicar na imagem acima ou nesse link aqui.

quinta-feira, março 08, 2012

Sumário executivo do PAN

O sumário executivo do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Passeriformes Ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho pode ser visto aqui.

Publicação de portaria do PAN

Publicada a portaria de aprovação do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Passeriformes Sulinos e ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho. Veja aqui.

quarta-feira, setembro 21, 2011

Fotos da Reunião do PAN


Finalizamos a reunião do Plano de Ação Nacional para Conservação dos Passeriformes ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho, realizada de 12 a 16/09/2011 em Florianópolis, com várias ações definidas numa matriz de objetivos específicos. Todas as ações com articuladores e colaboradores. Em breve publicarei aqui o release da reunião e até o final do ano o documento pronto.
Quem quizer ver todas as fotos da reunião, esse é o link.

terça-feira, setembro 13, 2011

Reunião do PAN

Estamos em Florianópolis trabalhando na elaboração do Plano de Ação Nacional para os Passeriformes Ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho. Somos quase quarenta pessoas, de diversas áreas, comprometidos na conservação de 22 espécies ameaçadas. Ficaremos aqui até sexta-feira.



terça-feira, agosto 09, 2011

Release Cardeal-Amarelo


Fotos gentilmente cedidas por Alvaro Riccetto para o Projeto Cardeal-Amarelo


CARDEAL-AMARELO - ESTRATÉGIAS URGENTES DE CONSERVAÇÃO PARA UMA ESPÉCIE QUE ESTÁ À BEIRA DA EXTINÇÃO NO BRASIL.

O cardeal-amarelo (Gubernatrix cristata) já era considerado escasso no Brasil nas décadas de 1970 e 1980 e atualmente subsiste em números extremamente reduzidos. A pressão de captura sobre a espécie segue intensa e a tendência será sua rápida extinção no país se as providências devidas não forem tomadas para coibir a retirada de exemplares da natureza e tentar recuperar populações viáveis no ambiente natural.

O cardeal-amarelo é ameaçado principalmente pela captura crônica de indivíduos na natureza para criação em cativeiro e abastecimento do mercado ilegal de pássaros silvestres. Locais onde até recentemente existiam casais reprodutores mantêm o hábitat exatamente igual há décadas e, mesmo assim, a espécie desapareceu exclusivamente pela captura dos indivíduos silvestres. A plumagem vistosa e o canto agradável, bem como a facilidade de captura, tornam a espécie uma das mais cobiçadas pelos aficionados de aves canoras. Além disso, a recente expansão das monoculturas de eucalipto sobre os campos da Serra do Sudeste constitui uma ameaça adicional à diminuta população brasileira.

Considerando a urgência da situação, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação das Aves Silvestres - CEMAVE e a Coordenação de Planos de Ação (COPAN/DIBIO/ICMBIO), em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS e Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul - FZB, realizaram nos dias 02 e 03 de agosto, em Porto Alegre, reunião prévia à oficina de elaboração do Plano de Ação Nacional para a Conservação de Passeriformes Ameaçados dos Campos Sulinos e Espinilho (PAN Campos Sulinos), para tratar especificamente PROTOCOLOS que visem à conservação do cardeal-amarelo. Nesse evento, foram abordados assuntos como a situação atual da espécie – estima-se que existam menos de 10 exemplares em vida livre no Brasil – e o estado de conhecimento sobre a sua biologia e seus ecossistemas. Contudo, o foco principal foi dado à elaboração conjunta de protocolos de manejo em cativeiro do cardeal-amarelo, visando à sua futura reintrodução na natureza, já que esta é uma estratégia considerada necessária no caso dessa espécie. Foram discutidos protocolos de manutenção e reprodução em cativeiro, de reintrodução, de avaliação sanitária, de identificação de áreas de soltura e de monitoramento pré- e pós-soltura, além de estratégias de fiscalização e outros assuntos relacionados ao cardeal. A reunião contou com a presença de 23 participantes representando o Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul, o Núcleo de Fauna do IBAMA/RS, a PUC/RS, a UFRGS, a UFSC, o órgão estadual de meio ambiente do Rio Grande do Sul (SEMA/DEFAP e FZB), o Comando Ambiental da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, o zoológico de Gramado, o zoológico de Sapucaia, o Instituto Curicaca, o Instituto Neochen de Pesquisa e Conservação Ambiental, o Projeto Cardeal Amarelo, a SAVE Brasil/Birdlife International, a Alianza del Pastizal, a associação de produtores rurais APROPAMPA e a gestora do Parque Estadual do Espinilho, além de servidores do ICMBio (CEMAVE/COPAN).


A finalização e aprovação dos protocolos elaborados a partir dessa reunião realizada no RS acontecerá em setembro, em Florianópolis, durante a oficina para elaboração do PAN Campos Sulinos. Nessa reunião também serão discutidas as demais estratégias de conservação para o cardeal-amarelo, que enfrenta uma situação dramática, e para outros passeriformes ameaçados desse bioma. Esta oficina de trabalho será realizada pelo ICMBio com apoio financeiro do PROBIO II-MMA.

Resultado final reunião do Cardeal-amarelo

Após as discussões dos protocolos, as entidades reunidas em torno do tema de conservação do cardeal-amarelo decidiram que deveríamos liberar um texto para divulgação na imprensa. O texto foi elaborado pela Patrícia Serafini do ICMBIO e está disponível para download na minha página do Scribd. O mesmo texto segue no próximo post para conhecimento de todos. Ajude na conservação da espécie fazendo uma ampla divulgação desse release. O cardeal-amarelo agradece!