terça-feira, janeiro 02, 2007

23 a 29/11 - Expedição FORÇA-TAREFA para encontrar o Gubernatrix cristata.


Em novembro realizamos uma varredura nas localidades ainda não visitadas pelo projeto com o intuito de encontrar espécimes de cardeal-amarelo. Para essa expedição, à qual batizamos de "Força-tarefa" estiveram presentes alguns dos melhores ornitólogos do RS. Essa equipe de "peso" trabalhou intensamente e de forma voluntária com o único objetivo de encontrar o Gubernatrix. Nos dividimos em duas equipes de 4 pessoas: uma coordenada pelo Glayson Bencke, da FZB, e outra coordenada por mim. Ao todo, percorremos mais de 4000 km em estradas de terra da serra do sudeste. Percorremos áreas interassantíssimas como potenciais para a reintrodução de cardeal-amarelo, encontramos diversas outras espécies da avifauna gaúcha ameaçada de extinção e ao final disso tudo... Encontramos finalmente o danado do bicho! Ouvi a vocalização de um indivíduo no final da tarde em um local bastante afastado. Por motivos de sigilo não revelarei o local exato mas pretendemos retornar lá para focarmos nossa atenção nessa localidade e para obtermos algum registro, fotográfico ou auditivo, da espécie. Na foto acima estão, da esquerda para a direita: Jan Karel Mahler, Ismael Franz, Carlos Eduardo Agne, Glayson Bencke, Rafael Dias, Claiton Martins-Ferreira, Giovanni Mauricio, Rodrigo Damiani.

8 comentários:

Alvaro Riccetto disse...

Meus parabéns,amigos gaúchos:o grande amarelo ainda existe solto.
Finalmente eu conseguí tirar um vídeo dum gubernatrix cantando,mesmo no árvore do ninho,de 4 ovos,a fémea ficou chocando,tomara os filhotes sejan bem criados.
Já enviei o mesmo ao amigo Fernando Jacobs,que beleza de pássaro!
Um forte abraço,
Alvaro

Mariana disse...

Olá, sou estudante de biologia, estagiaria do NURFS/CETAS-UFPel, gostaria de saber um pouco mais sobre o projeto de reprodução em cativeiro dos cardeais amarelos. Se não me engano, essa semana um casal sera enviado a esse projeto, isso me despertou minha curiosidade a respeito.
Também não consegui informações "precisas" sobre o numero de exemplares na região sul, em vida livre (se é que ainda existem) ou cativeiro. Se puderes me indicar um, site, meu e-mail é mariperera@gmail.com

Obrigada, Mariana.

Anônimo disse...

mazá!

Anônimo disse...

Claiton, sou um jornalista envolvido no projeto de um livro sobre 100 espécies animais ameaçadas de extinção no Brasil, que está sendo preparado por uma editora aqui em São Paulo. Gostaria de falar com você a respeito do cardeal-amarelo. Meu email é fonsecaa @ uol. com. br. Obrigado, André.

Carmen disse...

Estimado Claiton, te escribo por he visto tu proyecto de Cardenal amarillo y me interesa contactarme ya que estoy a cargo de un proyecto de cria en cautiverio en Uruguay. Actualmente tenemos 13 ejemplares y me interesa el estudio genético, siempre me ha interesado estudiar las diferencias entre las variedades argentina y uruguaya que tienen algunas diferencias fenotípicas.Bueno espero contactarme por esta via ya que en el blog no encotré ningun contacto, saludos.

Dr. Rafael Cuadrado Pereira

Médico veterinario

Claiton disse...

Prezado Rafael, preciso saber seu e-mail para poder conversar com você. Veja como contactar-me através das informações que coloquei em meu blog "Como entrar em contato comigo". Obrigado pelo seu interesse.

Abraços
Claiton

Rehabilitaciòn de Passeriformes disse...

el 2 de febrero el sr. Alvaro Riccetto me contactò en mi blog por una consulta sobre el canto de un gubernatrix que se escuchaba de fondo en un video, la respuestta es positiva, deseo intercambiar informaciòn al respecto, favor de contactarme en pedrobabsia@hotmail.com o en www.rehabilitacionavespasseriformes.blogspot.com gracias.

Rehabilitaciòn de Passeriformes disse...

alvaro riccetto, favor de contactarme en pedrobabsia@hotmail.com o en www.rehabilitacionavespasseriformes.blogspot.com
gracias