sábado, maio 13, 2006

A coleta do material genético.




O sucesso de um programa de conservação de espécies ameaçadas de extinção, dentre outras coisas, depende de um conhecimento profundo da biologia e ecologia da mesma. No caso do cardeal-amarelo muito pouco foi publicado até hoje a respeito da sua ecologia, comportamento, reprodução, etc. Populações pequenas, muitas vezes, estão sujeitas a problemas genéticos além das ameaças externas, tais como hibridização, depressão por endogamia e baixa variabilidade genética. Como estão as populações de Gubernatrix cristata, com relação à sua variabilidade genética? Há fluxo gênico entre as mesmas? Qual a estrutura populacional? Qual o coeficiente de endogamia? Esperamos reponder a essas perguntas após a análise genética das populações do cardeal a serem amostradas. Para o acesso ao patrimônio genético da espécie é necessário coletar uma amostra de DNA que pode ser obtida por meio de uma gota de sangue ou do cálamo da pena. O cálamo é a parte da pena que fica inserida na derme da ave e contém um pouco de polpa de tecido. Na primeira foto dá para observar o momento da retirada de algumas penas do peito e na foto seguinte a retirada de uma rêmige primária (pena da asa).

Nenhum comentário: